Insensibilidade: o silêncio da alma

No primeiro capítulo de Gênesis, vemos a descrição da criação do mundo e no final de cada criação Deus via que era bom o que tinha feito, mas ao criar o homem e a mulher, Deus concluiu que era MUITO bom. Podemos afirmar que o ser humano é a melhor criação de Deus, tanto que fomos criados a sua imagem e semelhança.

Porém, o ser humano pode ser a melhor coisa do mundo hoje, e também pode se tornar a pior. As pessoas estão quase congeladas de tanta frieza na alma. Existem vários sinônimos ou significados para a palavra Insensibilidade, mas vou citar, resumidamente, alguns: incapacidade de emocionar-se, de experimentar sentimentos de afeição, de amor, de piedade, pena etc.; frieza, indiferença, dureza. Podemos observar todas essas palavras muito presentes em nosso meio, e nem precisamos ir longe para encontrá-las.Tanta maldade, crueldade nos cercam diariamente. Como um paciente quando recebe anestesia para não sentir a dor de algum procedimento, a sua pela fica dormente, fica insensível a qualquer toque, assim, são muitas pessoas ao nosso redor, estão anestesiadas na alma, e perdendo a capacidade de “sentir”. Encontramos muitas frases na internet do tipo: “quer ser feliz de verdade ou não se decepcionar, não gere expectativas, seja frio, não demonstre e etc”. E com isso temos gerado pessoas frias, pessoas indiferentes a dor do outro ou até mesmo a sua. Percebemos que estamos em uma situação crítica, ao ver essa insensibilidade chegar dentro das igrejas.

Uns dias atrás, eu estava um pouco triste com uma situação que tinha acontecido e Deus ministrou muito sobre isso ao meu coração, eu nem estava com o Blog ainda, então eu escrevi no papel. E a pessoa que serviu de exemplo foi Judas. Você deve ter pensado, o que traiu Jesus? O que ele tem a ver com isso? Parei e fui ler novamente a caminhada de Judas ao lado de Jesus e notei alguns pontos que comprovam que ele deixou a insensibilidade silenciar a sua alma. Judas foi escolhido como um dos discípulos de Jesus (UAU! Ele iria andar, acompanhar, viver com o Mestre). Jesus não errou em sua escolha, até porquê Ele foi guiado por Deus, quem errou foi Judas. As decisões que tomamos nos levam a vida ou a morte. Judas viu, presenciou muitos milagres, ele viu coxo andar, morto ressuscitar, cego enxergar, pessoas serem curadas, pessoas prosperarem, prostitutas e ladrões serem restaurados na sua honra e serem transformados completamente etc. Ele viveu tudo ao lado de Jesus, porém em momento nenhum você vê Judas abrindo sua alma para Jesus tratar, em momento nenhum lemos na Bíblia que Judas reconheceu o que estava de errado em seu caráter e pediu ajuda ao seu Mestre. Mas, em Atos 12, lemos a história da mulher (Maria) que derramou um perfume caro aos pés de Jesus, aos pés do seu Amado e Judas imediatamente a questionou em não ter vendido aquele perfume e dado o dinheiro para os pobres. Sendo que se você for ler todos os evangelhos, vemos que Judas era o tesoureiro, ele cuidava do dinheiro no ministério de Jesus e mostrava um problema de caráter nessa área, que seria o mesmo motivo por ter vendido de Jesus mais a frente, mas o meu foco não é esse. Judas foi insensível com a importância de Jesus (a importância que Maria reconheceu), Judas não soube reconhecer quem era Aquele que com apenas um sussurro o mar se acalmava, que todas as coisas eram possíveis em Seu nome. Judas perdeu a grande e melhor oportunidade da sua vida. O problema de Judas não foi, somente, ter traído Jesus, mas foi, principalmente, não reconhecer que Jesus poderia transformar a sua vida e mudar a sua história, que Jesus era o que ele tinha de mais valioso. Se Judas tivesse se arrependido de tudo que fez e buscasse a mudança, eu acredito que Jesus teria perdoado e teria transformado Judas em um grande exemplo para nós hoje. Mas sabemos que a história não terminou assim, Judas encerra a sua história se enforcando.

Existem pessoas, como Judas, que não sabem reconhecer o valor dos outros e até mesmo não sabem reconhecer a importância da presença de Deus, por causa da insensibilidade que tomou conta do seu ser. E essas pessoas morrem (nem sempre morte física), por não se entregarem verdadeiramente a algo. Ficam com receios, se fecham para pessoas novas chegarem, não conseguem confiar em ninguém e com isso vão perdendo oportunidades valiosíssimas, com medo de se machucarem, de se decepcionarem de novo. Jesus, mesmo depois de Judas o ter traído, chama ele de “amigo”, porque o caráter ruim de Judas não mudou o caráter maravilhoso de Jesus. Assim deve ser você. Eu não posso dizer que nunca vai se decepcionar com alguém, vai sim, eu já me decepcionei várias vezes. Mas isso não pode ser mais forte ao ponto de mudar o seu caráter, de transformar você em uma “pedra de gelo ambulante”. Se sensibilize novamente com a dor do próximo e com a sua, nota o seu próximo, ajude quem precisa, chore com quem está chorando, sorria com quem está sorrindo, fale palavras mais doces, perdoe, sonhe, sonhe junto com outros, ame mais, busque mudanças. Mesmo que você seja ridicularizado, criticado por isso, por experiência própria, vale a pena. COMECE HOJE!

 

                              O MUNDO NECESSITA DE MAIS SENSIBILIDADE!!!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s